Morre, aos 73 anos, o jornalista João Bicalho

0
76
Foto: Reprodução

Faleceu, na manhã desta sexta-feira (09, aos 73 anos, o jornalista João Evangelista Bicalho Cúrcio, natural de Muqui. A causa da morte ainda não foi esclarecida. João foi colaborador do jornal ES de Fato durante muitos anos.

João nasceu em 20 de julho de 1945. O parto foi difícil e mãe e filho quase perderam suas vidas. O jornalista nasceu com lesões, que não dificultaram que ele obtivesse sucesso ao longo de sua vida e carreira.

Em 1963, durante o sepultamento de seu pai, Orlando Cúrcio, João foi convidade, pelo então deputado federal Dirceu Cardoso, a ser correspondente em Castelo de seu jornal “O Município”.

Após três anos, ele voltou para Muqui, mas ainda permaneceu com uma coluna esportiva no jornal por 12 anos.

Ele fundou a Associação de Futebol de São Muquiense (ASFUSAM), juntamente com outros desportistas e amigos.

Em 1977, circulou a primeira edição do Jornal de Muqui, que tem como diretor Carlos Robero Bicalho Nemer e como redator João Bicalho Cúrcio.

Por seis meses consecutivos foi Diretor Presidente do Conselho Fiscal, frequentando reuniões por todo estado. Participou de vários Congressos Jornalísticos Estaduais e Nacionais. Afastou-se por motivos imperiosos e voltou para as AFUSAM, em Muqui.

No ano de 1998, juntamente com José Eugênio Vieira, fundou o jornal em Afonso Cláudio, com apoio de Methódio Rocha. O jornal chamava-se Jornal de Afonso Cláudio.

João Bicalho era considerado um dos melhores jornalistas do interior do Espírito Santo, por causa de seu dinamismo.

A prefeitura de Muqui declarou luto de três dias.

“João vangelista Bicalho Cúrcio representou a cidade de Muqui no Estado do Espírito Santo com intenso e dedicado jornalismo. Superou todas as suas dificuldades e foi reconhecido por seu mérito por todo território estadual”.

O corpo de João Bicalho está sendo velado na capela mortuária de Muqui e será sepultado às 16h no cemitério municipal.

Fonte: Jornal O Fato

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi